Produtor de Campos Altos é destaque na produção do Queijo Minas Artesanal.

0
3002

Campos Altos se orgulha muito de um filho ilustre: O Senhor Ronaldo Lemos, que com sua família produzem o famoso QMA (Queijo Minas Artesanal) no Município de Campos Altos, a qual faz parte da Microrregião de Araxá. Atualmente o senhor Ronaldo Lemos é cadastrado junto ao IMA (Instituto Mineiro de Agropecuária), o que significa que o produto é certificado para comercializar em todo estado de Minas Gerais.

O Queijo processado na propriedade do Senhor Ronaldo Lemos é reconhecido e premiado em muitos concursos em que o mesmo participa; A EMATER-MG inclusive ministrou na propriedade do Senhor Ronaldo, para os funcionários e alguns produtores vizinhos que foram convidados, um curso sobre o processo de registro no SISBI POA. Com o SISBI POA o queijo produzido pelo senhor Ronaldo poderá ser comercializado em todo território nacional, abrangendo maiores oportunidades de comercialização, conquistando novos mercados e melhorando a qualidade de vida de sua família, funcionários e da cadeia produtiva do Queijo Minas Artesanal da Microrregião de Araxá, a qual o município de Campos Altos faz parte.

A inauguração da ampliação da queijaria do Senhor Ronaldo Lemos, aconteceu no dia 21/11 e foi um marco no processo de registro no SISBI e na história do produtor e até mesmo na história do município de Campos Altos. O evento aconteceu na propriedade do senhor Ronaldo Lemos e contou com a presença do prefeito Paulo Almeida e alguns de seus secretários e assessores, além da equipe da EMATER-MG Campos Altos, através da Simone da Consolação e do Cleilton Ribeiro e também do Gerente Regional Gustavo Laterza de Deus. O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) de Campos Altos também enviou representantes.

O Processo de registro do produtor Ronaldo Lemos no SISBI POA está em fase de finalização e a EMATER-MG, está auxiliando com a assistência técnica e extensão rural com toda sua equipe de profissionais, coordenadores e equipe do Queijo Minas de Araxá, para atender as exigências burocráticas, legislação e fiscalizações do IMA, para conclusão do processo.

Foi uma imensa alegria para todos os presentes, ver uma história de sucesso e exemplo para outros produtores, pois a luta é enfrentada com muita dificuldade na atividade leiteira, que atualmente está passando por mais uma crise e o processamento, agrega valor ao leite, minimizando os efeitos negativos da citada crise.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.